abvaq@abvaq.com.brr

+55 (83) 3024-8911

I SIMPÓSIO ABVAQ REUNE PESSOAS DE TODO O BRASIL

O encontro mostrou o trabalho da associação tirou dúvidas e escutou as propostas dos associados

Dando continuidade à política de aproximação entre associação e associados, no projeto de interação dos que vivem na vaquejada e da vaquejada, a ABVAQ promoveu na terça-feira passada, dia 15 de março, na cidade de Caruaru-PE, seu Primeiro Simpósio com o objetivo de esclarecer algumas dúvidas dos profissionais, competidores e promotores de provas.  

 

Pessoas de diversos estados do Brasil estiveram presentes ao evento e puderam tirar suas dúvidas, bem como, se atualizarem em relação a atuação da ABVAQ na continuação do processo da total regulamentação do esporte, que conta com algumas pendências jurídicas. Na ocasião, foi feita uma prestação de contas pela diretoria da associação, que mostrou a necessidade de ampliar seu número de associados e consequentemente a sua arrecadação para dar continuidade a luta em favor da vaquejada e buscar novas melhorias em sua profissionalização.

Em sua participação no Seminário, um dos diretores da ABVAQ, Dr. João Neto enfatizou: “A batalha jurídica continua e para dar conta de tudo isso é necessário que se tenha um caixa capaz de cobrir as despesas da Associação, principalmente com os honorários advocatícios necessários para o encaminhamento dos processos pendentes, a exemplo das ADI’s ajuizadas contra a Emenda Constitucional que alterou o Artigo 225 em seu parágrafo 7º. Diante desta situação é preciso que o nosso quadro de associados seja ampliado e que eles se tornem bem mais participativos fortalecendo assim a nossa entidade,” declarou o Dr. João.

 

O presidente da ABVAQ, Paulo Fernando Filho “Cuca”, não pôde participar do evento devido outros compromissos com a Associação, mas agradeceu a presença de todos e reiterou o compromisso de participar das próximas edições.

 A diretoria da Associação Brasileira de Vaquejada também esclareceu a necessidade dos  parques observarem o regulamento da ABVAQ em relação à taxa cobrada ao vaqueiro por cada inscrição nas vaquejadas chanceladas, pois este fundo muito importante para a manutenção das atividadas da Associação.

Durante o evento, o diretor de relações institucionais da ABVAQ , Pauluca Moura, e o coordenador de regulamento, Jorge Anastácio, explanaram detalhes das regras da Associação.

 O encontro em Caruaru-PE serviu para tirar diversas dúvidas e esclarecer o papel da ABVAQ como entidade maior do esporte cultural que mais cresce no Brasil. Promotores de Circuitos e Campeonatos se fizeram presentes e reafirmaram o compromisso de lutar cada vez mais pelo engrandecimento da vaquejada, sempre ao lado da ABVAQ. “O Seminário foi de extrema importância para todos da vaquejada com esclarecimento das regras e do balanço financeiro  Dessa forma entendo que os amantes da vaquejada, principalmente os vaqueiros e donos de parques, devem se associar a ABVAQ, para que esta associação continue a desempenhar o importante trabalho que vem desenvolvendo em prol da vaquejada,” declarou Rodrigo Amorim, presidente da ACQM-PE.

Mais notícias